A educação é chave para novos caminhos

Por que a educação é tão importante?

 

Desde crianças até adultos, o impacto de bons recursos educacionais resulta em muitas oportunidades, tanto no mercado de trabalho como na inclusão social.

Uma educação de qualidade promove o desenvolvimento das competências necessárias para a participação nas diferentes áreas da vida humana, enfrentando os desafios da sociedade atual e o desenvolvimento do projeto de vida em relação com o outro.

 

Pensando nisso, neste artigo vamos te apresentar:

  •  Educação básica e ensino superior x mercado de trabalho e inclusão social.
  • Quais recursos o Alicerce proporciona para todas as grupos etários visando melhorar a educação brasileira.


Educação básica e ensino superior x mercado de trabalho e inclusão social.

 

Vestibular, faculdade, mercado de trabalho…. Tudo isso depende da base educacional. Pensando nisso, precisamos analisar a situação do Brasil.

 

Discutir a temática da Educação brasileira é um desafio. De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) feita em 2019 o Brasil tem 11 milhões de analfabetos. Esses dados que foram divulgados pelo IBGE reforçam a necessidade de dar mais atenção para a educação do nosso país.

Veja abaixo alguns indicadores sobre a alfabetização e base educacional:

 

  • 18,6% de analfabetos entre 60 anos ou mais (equivalente a 6 milhões de pessoas para esse grupo etário);
  • 11,5% de analfabetos entre 40 anos ou mais;
  • 7,2% de analfabetos entre 25 anos ou mais;
  • 6,8% de analfabetos entre a população de 15 anos ou mais;
  • 47,4% entre pessoas de 25 anos ou mais finalizaram a educação obrigatória (mais da metade da população de 25 anos ou mais de idade, no Brasil, não havia completado a educação escolar básica e obrigatória em 2018.

 

Através desses dados, podemos notar que o analfabetismo está diretamente associado à idade. Quanto mais velho o grupo populacional, maior a proporção de analfabetos.

Por fim, 3 em cada 10 brasileiros entre 15 e 64 anos são analfabetos funcionais (não conseguem interpretar um texto simples), e um terço dos brasileiros de 18 a 24 anos estavam estudando em 2018, mas só um quarto frequentava o ensino superior.

 

Como esses dados impactam no mercado de trabalho e na inclusão social?

 

Você já deve ter ouvido o famoso bordão “estudar para ser alguém na vida”.

E a verdade é que essa frase está certa, pois as pessoas mais afetadas pelo desemprego são aquelas que possuem formação intermediária, enquanto as pessoas com, pelo menos, ensino superior completo no currículo, sofrem menos esses impactos.

Ou seja, quanto maior a escolaridade, melhores são as oportunidades. 

 

É importante ressaltar que elevar a instrução e a qualificação é uma forma de combater a expressiva desigualdade educacional do país.

Além disso, especialmente em um contexto econômico desfavorável, elevar a escolaridade e ampliar sua qualificação pode facilitar a inserção no mercado de trabalho, auxiliando na inclusão social.

 

E o que podemos fazer para mudar esse cenário?

 

Alcançar uma mudança no campo da educação requer um grande esforço. Para resolver esse problema, nós do Alicerce Educação queremos dar oportunidade para todos aprenderem. Para alcançar esse objetivo criamos estratégias para diferentes grupos etários, são eles:

 

Alicerce para crianças de 05 até os 13 anos de idade: 

Nosso objetivo é aperfeiçoar a base escolar, auxiliando o aluno a ter um maior domínio das matérias básicas (matemática, português e inglês). Assim como, trabalhamos as habilidades socioemocionais, que ajudam no desenvolvimento pessoal do aluno

 

Alicerce para jovens de 14 até os 25 anos de idade: 

Conforme é feito com as crianças, trabalhamos também a base escolar e as habilidades socioemocionais dos jovens, preparando-os dessa forma para o mercado de trabalho. Além disso, visamos ajudar os alunos a desenvolverem suas habilidades pessoais, para que cada um alcance seus sonhos.

Ajudamos também os alunos que pretendem ingressar em uma faculdade, com dicas e informações sobre os vestibulares e o ENEM.

 

Alicerce para adultos de 18 anos de idade ou mais: 

Nesse caso o objetivo é favorecer a retomada dos estudos para jovens e adultos, por meio de acesso aos conhecimentos de linguagem, matemática e habilidades para a vida.

O programa também explora a inclusão e letramento digital, bem como a construção de um projeto de vida, que serve para incentivar a construção dos projetos de vida individuais com foco na realidade, necessidades e interesses de cada um.

 

Em cada uma das faixas etárias, adicionamos um link que direciona para o nosso site, lá você pode conferir mais informações sobre cada projeto. E para saber como o Alicerce funciona na prática, te convido a assistir o depoimento do Breno de 8 anos, da Mariana de 16 anos e da Marta de 70 anos:
 

 

Nesse post você pôde notar que a educação e a empregabilidade tem uma relação direta. A melhor saída para isso é investir no seu conhecimento, aumentando as possibilidades da construção de uma carreira profissional. Trazendo assim mais estabilidades e sucesso. 

Pensando nisso, nunca é tarde para correr atrás dos seus objetivos!

Assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo

Ao assinar a newsletter, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações pelo Alicerce.